Filme – Cesio 137, O Pesadelo de Goiânia (1990)

Filme – Cesio 137, O Pesadelo de Goiânia (1990)
Em 13 de setembro de 1987 o mundo conheceu o maior acidente radiológico da história. No âmbito radioativo, o Césio 137 só não foi maior que o acidente na usina nuclear de Chernobyl, em 1986, na Ucrânia um ano antes do acidente em Goiânia.

A peça era de um equipamento de radioterapia que foi abandonado em uma clínica desativada da cidade, dois catadores pegaram a peça e venderam para um ferro velho onde foi desmontada contaminando a todos ao redor.

césio 137 goiania

O brilho do Césio 137 conquistou Devair Alves Ferreira o dono do ferro velho e então resolveu exibir o achado a seus familiares, amigos e parte da vizinhança. Todos se encantavam com o brilho azul do “pó” e alguns até levaram amostras para casa. A exibição do pó fluorescente decorreu 4 dias, e a área de risco aumentou, parte do equipamento de radioterapia foi para outro ferro-velho, espalhando ainda mais o material radioativo.

Após todos os contaminados diretamente pelo Césio começarem a passar mal e os efeitos aumentarem todos os dias a  esposa de Devair levou parte da peça a vigilância sanitária onde foi constatado que o material era altamente radioativo, a falta de preparo das autoridades e governantes da época fez com que várias vitimas sofressem ainda mais. Foram registradas vítimas fatais entre elas estava a menina Leide das Neves, seu pai Ivo, Devair e sua esposa Maria Gabriela, e dois funcionários do ferro-velho. O Filme Cesio 137, O Pesadelo de Goiânia foi feito em 1990 para contar o que aconteceu no maior acidente de Césio 137 do mundo.

Assista:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: